Postado por: Bernardo 22/01/2017


Olá leitores, nesse post vou dar algumas dicas, sugestões e ensinar o que sei sobre jogos de terror no Maker, essa matéria aborda o conteúdo direcionado ao RpgMaker VX ACE por ser o mais popular e com maior quantidade de scripts e sistemas já feitos, todo texto pode te ajudar a criar um jogo de terror, mas os scripts e sistemas aqui citados são exclusivamente para o VX ACE.

Terror é um tema bastante difundido no mundo do Rpgmaker, vários são os projetos não acabados e outros poucos finalizados contendo essa temática, vamos citar aqui uns bons exemplos de jogos:

Liber Spiritus (joguei a nova versão, em breve novo post)
Last Week (jogo tem 2 finais, você decide o final no fim mesmo)
Tem mais jogos que pretendo jogar, e assim vou incluir neste post caso seja bom

O gênero terror foge bastante da proposta do Maker, e é preciso alterar várias coisas em seu projeto.
Normalmente os jogos criados nesse tema são protagonizamos por apenas um personagem controlável e os demais sendo NPC'S (personagens não jogáveis), mas isso não é uma regra. Também não existem classes para os personagens, nem habilidades, pois é difícil um jogo deste gênero possuir batalhas.

Mudanças no visual:

Menu: Sendo ou não um jogo de somente um  personagem, certamente você não usara todas as opções do menu, podendo retirar o save, gold, mp, equipamentos, formação, habilidades, um menu digamos mais "clean" com realmente poucas opções. Last Week por exemplo é um jogo sem menu, você coleta os itens e apenas usa, sem ter que mexer em menu algum. Vejamos agora alguns exemplos de scripts e sistemas para isso:

Clique na imagem para ir até o post do script
Outras imagens para dar novas ideias na sua cabeça

Save: Importante num jogo de terror é poder ter pontos de save, ali mesmo no mapa, algum objeto como uma máquina de escrever, um computador, um livro, etc, nunca em muitos lugares e saves sempre limitados. Você pode limitar com itens ou mapas (salas de save).

Equipamentos: Se seu jogo for dos mais clássicos não existem equipamentos em si no jogo, mas há aqueles de terror que ainda possuem certas armas e equipamentos, neste caso descarte, armaduras, roupas, acessórios, cabeça, no máximo poucas armas: Canivete, faca, revólver, etc...

Itens: São muito importante em um jogo de terror, é bom ter um menu aonde você consiga separar 2 tipos de itens, aqueles itens consumíveis, como chaves, pilhas, isqueiro, item de save, e outro tipo seria os itens chave: Livro que contam a história, notas, senhas, peças importante de um puzzle.

Lista de itens comuns em jogos de terror: Lanterna, lampião, isqueiro, tocha, diário, nota, caderno, bíblia, livro, faca, canivete, clips, cd, disquete, pendrive, colar, joia, chave, cadeado, corrente pá, machado, câmera...

Formação: Em minha opinião um jogo de terror não deveria ter essa opção no menu, não vejo muitas funcionalidades em trocar a formação da equipe, quando você pode fazer isso de outras maneiras. Por exemplo se estiver com 2 personagens jogáveis, algum deles pode desaparecer e você é forçado a jogar com outro até achar novamente o personagem principal.

Status: Se pretende manter um menu que mostre status do jogador, remove tudo que se tem sobre poder de ataque, defesa, agilidade, não fará sentido essas informações ao jogador se seu jogo não utiliza-se delas. Uma tela de Status num jogo de terror, pode ser para informar HP, informações básicas do personagem,  objetivo atual, o que carrega no inventário, são alguns exemplos.

Mudanças no gameplay:

O gameplay de um jogo de terror não necessariamente deve dar susto a cada momento no jogador, os famosos jumpscare (pulo de susto) mas sim tornar um ambiente de suspense e tensão, sabendo dar os sustos na hora certa e também carregar uma história que vai se revelando aos poucos ao jogador, não jogue toda a história na cara, deixe que ele explore bem o mapa e encontre cartas, notas, jornais que explicam mais a fundo a sua história. No jogo podemos então remover as batalhas tradicionais do RPG e usar de perseguições do inimigo, puzzles, e desafios para resolver, deixando seu jogo não somente andar e interagir com o cenário, o que é muito bom por outro lado se combinado a esses outros fatores citados.

Falando em cenário, importante num jogo de terror é que quase tudo que interagimos recebemos alguma informação de volta exemplo: Estou de frente a prateleira e aperto para interagir, então me retorna a seguinte informação: "Uma prateleira com alguns livros empoeirados, nada de útil aqui" Agora imagine um cenário com vários objetos cada um carregando suas seguintes informações, é isto que você deve fazer. Se quiser deixar seu jogo um pouco mais fácil na questão de interação, você pode colocar alguma luz em cima de objetos que avançam na história.

Um ponto que acho legal é modificar a velocidade padrão do personagem do Maker, pois ele anda um tanto quanto rápido, assim nas perseguições o jogador devera apertar o botão de correr.

Mudanças no mapa:

Um mapa ou cenário de terror não necessariamente deve ser escuro e com muito sangue, gore. As pessoas normalmente costumam pensar assim dark e gore está pronto o terror! Mas não, num mapa de terror cada elemento que você por, você precisa dar um sentido a ele, por exemplo que vejo muito: Quadros, é um elemento de mapa muito presente, mas se não diz nada ou não causa certo medo, tensão, não faz sentido o uso dele no mapa. Não posso dizer como criar o mapa, pois isso vai depender muito do cenário aonde se passa o jogo e época em que se passa. Aqui alguns bons exemplos de mapas de terror:
Ursos de pelúcia que deveriam ser objetos amigáveis, aqui fazem o oposto.
Efeitos de iluminação são super recomendados e um preenchimento de mapa, não deixando muitos espaços vazios.
Last Week - RpgMaker XP
Liber Spiritus: Aqui uma parte mais escura do jogo, mas que se passa depressa e os efeitos de iluminação ajudam bastante junto a chuva a criar o clima do jogo.
Liber Spiritus RpgMaker XP

Mudanças sonoras:

Trilha sonora é muito importante em um jogo deste gênero, você não vai precisar apenas de música de background "BGM'S" mas todo tipo de sons, vidro quebrando, passos, gritos, barulhos de portas, gavetas, papel, grama, ruídos, etc.
Todo esses sons darão uma imersão maior no seu jogo. Se você pretende criar um projeto não-comercial, você pode baixar algumas músicas e até mesmo sons de jogos famosos, como da série Silent Hills e Resident Evil, caso queria os sons do menu do RE você encontra aqui.

Site para baixar sons:
Silent Hills
Resident Evil 0,1,2,3,4 e mais outros (Torrent)
FreeSound
SoundBible

Scripts
Todos os links são para a CentroRpgMaker (exceto da lanterna e script do Khas)
Advanced Stamina Bar (Uma barra de stamina ao personagem)
Event Icon/Text Display (Permite colocar icones e textos sobre os eventos)
Faalco 8 direções (Permite andar na diagonal)
Fog Script (Possibilita a criação de névoa no mapa)
Khas Awesome Light Effects (Efeitos de iluminação realista, permite lanterna também)
Kingdom Animated Pop-up (Pop-up nos itens que você encontra)
Laterna (Adiciona uma lanterna funcional ao jogo, com pilhas e iluminação real)
Lune Input Time (Combinação de teclas, muito útil para mini-games, puzzles)
Lune Message System (Melhora as mensagens do jogo)
Pickup and Throw (Pegar e arremessar objetos, outro script para puzzles)
Reflex Script (Cria reflexo nas superfícies configuradas, muito bom para dar sustos)
Resident Evil Menu (Já mostrado anteriormente)
Simple Custom Menu for Horror-Style Games (Um menu com muitas opções removidas)
Very Simple Item Menu (Modifica o menu de itens para conter apenas Itens e Itens Chave)

{ 2 comentários... read them below or Comment }

  1. obrigado pela dica, estou criando um jogo de teror no rpg maker vx ace e essas dicas e sugestões ajudaram bastante

    ResponderExcluir

- Copyright © ResourcesMakerBrasil - Designed by Johanes Djogan -